27 abril 2012

As grandes cabeças de estatuas da Ilha de Pascoa tem corpo e inscrições


A descoberta surgiu há algumas semanas na Internet: as grandes cabeças de estátuas da ilha da Páscoa têm corpo e com inscrições!

Então o que era conhecido por serem apenas grandes cabeças, sabe-se agora que essas estátuas escondem muitos segredos, como mais de metade do seu tamanho estar enterrado no subsolo e revelarem a existência de corpo e mãos.

Atribui-se a descoberta ao casal Routledge, mas outro grupo de pesquisa privado tem escavado recentemente uma estátua e descobriu muitos escritos sobre o corpo.

Localizada no Pacífico, a ilha vulcânica foi descoberta pelo navegador holandês Jakob Roggeveen, no domingo de Páscoa de 1722. Tornou-se posse chilena em 1888.


Enquanto ainda muitos mistérios cercam a ilha da Páscoa, a descoberta desses escritos colocados no subsolo podem iniciar muitos debates.

Na verdade, se quase todos os cientistas estão de acordo que foi após um ecocídio que a população (cerca de 4000) desapareceu, que aconteceu com estes gigantes de pedra enterrados?

Seriam assim desde o início quando foram feitas pelos Rapanui (civilizações antigas da ilha) ou foi o passar do tempo que as enterrou?

A hipótese mais provável é que um maremoto, possivelmente seguido de um grande deslizamento, varreu a ilha e a sua civilização, que se perdeu nas brumas do tempo. Os turistas desconhecem que sob os seus pés há um tesouro escondido que se adivinha. As estátuas não devem ter sido enterradas, mas o fluxo de transporte da onda gigante trouxe muito entulho, poeira e sujeira que as enterrou e a civilização desapareceu como que apagada de uma só vez. 

Volta a pensar-se no mito da Atlântida e do continente Mu cujas lendas ressurgiram com esta descoberta excepcional.











Fonte: http://forum.jogos.uol.com.br/as-estatuas-da-ilha-de-pascoa-tem-corpo_t_1953363

Via: http://ensinamentos-das-pleiades.blogspot.com.br/2012/03/arqueologia-novas-descobertas-vc-sabia.html

Homem que inspirou filme 'Área Q' ensinou filho a se proteger de óvnis



Filho de homem cuja história inspirou o filme "Área Q" diz que aprendeu a se proteger de abduções (Foto: Elias Bruno/ G1)

O pai de Francisco Barroso disse ter sido abduzido em Quixadá, no CE. Caso foi estudado por ufólogos e foi base para filme rodado na cidade.

A rotina do comerciante Francisco Leonardo Barroso, filho do agricultor que disse ter sido abduzido por extraterrestres no sertão do Ceará nos anos 1970, parece não ter mudado após a estreia de “Área Q”, filme inspirado em histórias de contatos extraterrenos contadas na região. 

O comerciante conta que o pai morto há 19 anos ensinou a ele e aos irmãos como se defender e evitar que fossem levados por objetos voadores não identificados (ovnis).

“Para você se livrar, só se for com um pé (sic) de árvore. Você tem que ir para debaixo porque, com a árvore, o aparelho deles (os extraterrestres) perde o contato”, explica. Barroso diz que o pai ficou com a pele avermelhada e com retardo mental depois de ser levado por ovnis.

O agricultor Luis Fernandes Barroso, segundo o filho, 'teve um contato bem próximo' com os extraterrestres nos anos 1970. “Uma vez por semana, ele ia para a fazenda olhar o rebanho e gostava de sair de madrugada, por volta de 2h da manhã. 

Um dia, quando voltava de carroça, ele disse que teve contato com algo que parecia um avião, mas que desceu, ficou perto dele e jogou uma luz muito forte, quase de cegar”, diz.

“Não só acredito, como já vi”, afirma Barroso sobre crença em aparições de ovnis na cidade de Quixadá. Dono de um armazém que vende de tudo no barulhento centro do município, ele segue trabalhando na loja até o meio-dia e, depois, vai para a fazenda na zona rural, local da suposta abdução do pai. 

Francisco Leonardo é o único filho de Barroso que ainda mora em Quixadá. A mãe dele também faleceu, o irmão mora no Piauí e a irmã em outro município do sertão cearense.

Efeitos da suposta abdução

Médicos e ufólogos acompanharam de perto o "Caso Barroso" (Foto: Reginaldo de Athayde/ Divulgação)
Médicos e ufólogos acompanharam e estudaram
de perto o "Caso Barroso" em Quixadá



Após o contato, o comerciante afirma ter visto mudanças físicas e psicológicas no pai, que apareceu com a pele vermelha “como se tivesse queimada” e um retardo mental depois do suposto contato com extraterrestres, fazendo com que os filhos se tornassem responsáveis pelos negócios da família. 

O caso chamou a atenção de ufólogos de vários países, como Portugal, Itália e Espanha, que visitaram a fazenda para estudar os sintomas e os relatos de Barroso.

Médicos e ufólogos acompanharam e estudaram de perto o "Caso Barroso" em Quixadá (Foto: Reginaldo de Athayde/ Divulgação)

“Meu pai passou também por muitos hospitais de Fortaleza e disseram que a mente dele estava como se fosse de uma criança”, conta Francisco Leonardo. 

O pai dele morreu na fazenda no ano de 1973 com, segundo o filho, o aspecto da pele não correspondia com a idade. “Era como se ele tivesse ficado mais novo”, afirma.

A situação quase foi vivida também pelo filho de Barroso, quando este fazia o mesmo trajeto do pai a caminho da fazenda.

“Estava de moto e vi um objeto que emitiu uma luz bem forte. Desviei o olhar para não cegar com aquela luz e desacelerei. Lembrei dos conselhos de meu pai: 'Não se amedronte e não fique nervoso'”, conta. Depois disso, as aparições viraram comuns na vida do comerciante que afirma não haver problema “depois que você se acostuma”.

“Não guardo mágoas dos extraterrestres porque aconteceram outros casos iguais aos do meu pai. É um imprevisto, pode acontecer comigo, com você ou com qualquer um”, diz. O comerciante ainda não assistiu ao filme, mas gosta de saber que o pai serviu de inspiração. 

“Meu pai foi um dos primeiros que passou por isso. Ver essa história no filme é de se admirar porque ele realmente entrou para a história”, afirma.

Caso não tem solução, diz ufólogo

O ufólogo cearense Reginaldo de Athayde acompanhou o “Caso Barroso” desde o momento em que agricultor teria sido abduzido até a sua morte. 

“Durante 17 anos, eu e outros pesquisadores íamos uma vez por mês a Quixadá para visitar Barroso”, diz. O contato pessoal foi documentado no livro “ETs, Santos e Demônios na Terra do Sol” (2000), no qual Athayde relata também outros casos envolvendo contatos extraterrestres em municípios do interior do Ceará.

O ufólogo também contou ao G1 que houve tentativas de prosseguir na investigação do caso após a morte de Barroso, mas os filhos do agricultor não concordaram com a autópsia no corpo do pai. “Acreditamos que esse caso nunca seja solucionado, pois fizemos o que podíamos nos 17 anos de acompanhamento”, afirma.

Filme

O cineasta cearense Halder Gomes foi o responsável por trazer as locações de “Área Q”, previsto para ser rodado no Arizona, Estados Unidos, ao município de Quixadá. 

No filme, o agricultor João Batista desaparece após ser abduzido enquanto andava de carroça na zona rural de Quixadá (Foto: Área Q/ Divulgação)

“Em março de 2009, propus ao diretor Gerson Sanginitto abordar esse tema da ufologia de uma outra forma, baseado nas histórias e relatos que cresci ouvindo”, diz Gomes, que nasceu no município de Senador Pompeu, também no sertão Cearense. 

A terra natal dele fica a poucos quilômetros de Quixadá, cidade conhecida por formações rochosas exuberantes conhecidas como monólitos e que serviram de cenário para o filme.

Produtor executivo do filme, Halder Gomes diz que o trabalho de pesquisa levantou casos não só do agricultor Luis Fernandes Barroso, mas também do relato de luzes vistas pelos moradores dessa região do Ceará. 

Halder Gomes, produtor executivo de 'Área Q', no set de gravação do filme (Foto: Área Q/ Divulgação)

“Criamos uma história totalmente ficcional, mas alguns personagens podem ser associados, como fizeram com o Caso Barroso, que é bastante conhecido. Os relatos da escritora quixadaense Raquel de Queiroz foram usados para definir as cores das luzes emitidas pelos ovnis”, explica.

O filme conta a história de um jornalista norte-americano escalado para investigar casos de aparições de objetos não-identificados em Quixadá, cidade que ficou conhecida internacionalmente após relatos de abduções extraterrestres, como o “Caso Barroso”. 

O longa que estreou na última sexta-feira (13) em 14 capitais com cenas gravadas também em Los Angeles e foi dirigido por Gerson Sanginitto. No elenco, está o ator norte-americano Isaiah Washington, além dos brasileiros Murilo Rosa, Tânia Khalil, Ricardo Conti e Karla Karenina.

Fonte: G1



Sinopse e detalhes
A vida do jornalista investigativo Thomas Mathews (Isaiah Washington) virou de cabeça para baixo quando seu filho sumiu misteriosamente e ele acaba sendo enviado para o Brasil, com o intuito de investigar possíveis contatos com seres de outro planeta.



Lançamento: 13 de abril de 2012 (1h 40min)
Dirigido por Gerson Sanginitto
Com: Isaiah Washington, Tânia Khalil, Ricardo Conti mais
Gênero: Suspense, Ficção científica
Nacionalidade: EUA, Brasil




Entevista com Isaiah Washington sobre o filme

Chamada - Comunidade Mauá




Dispensa comentário, façamos nossa parte divulgando o vídeo.
Abraços
Ravena



O Edifício Mauá, na região da Luz, Centro de São Paulo, ficou abandonado por 17 anos, quando foi ocupado em 2007 e hoje abriga 237 famílias. 

O grupo já apresentou ao governo em Brasília um estudo detalhado de viabilidade de transformar o prédio em uma HIS - Habitação de Interesse Social, previsto dentro do Projeto Nova Luz. Mas o que está acontecendo, na realidade, é o contrário. 

Faltando apenas 5 dias para o quinto aniversário da ocupação, o que daria o direito de permanência dos habitantes da Mauá, foi deferida uma liminar para reintegração de posse em favor dos proprietários, que não pagam o IPTU do prédio desde 1973, acumulando uma dívida de quase R$ 2,5 milhões.

Desde o dia 20 de março, os moradores da ocupação Mauá convivem com o risco de serem expulsos a qualquer momento, e como bem frisa a liminar, está autorizada a prática do "arrombamento e uso de força policial". 

As famílias que moram na ocupação trabalham na região central e suas 180 crianças frequentam escolas e creches próximas. Ocuparam o prédio, tiraram o lixo acumulado por anos de desuso, transformaram um local abandonado em moradia, impediram sua demolição pelo projeto Nova Luz e pagaram pelo estudo de viabilidade. Estão defendendo seu direito à moradia. Agora a polícia pode transformá-las em mais uma ação de "limpeza" do Centro, conquistado quarteirão por quarteirão pela especulação imobiliária.

"Não queremos, não podemos e não devemos continuar sofrendo. Que as atrocidades praticadas pelo poder público em Pinheirinho não se tornem cenas do nosso cotidiano. Que a força e coragem dos moradores de Pinheirinho nos sirvam de exemplo.
Todos aqueles que almejam um mundo mais humano, juntem-se a nossa luta." (Carta aberta da Comunidade Mauá).

24 abril 2012

Orca branca adulta é vista 'pela primeira vez' na natureza


Orca Iceberg

Uma orca branca adulta foi vista pela primeira vez na natureza, segundo cientistas de universidades em Moscou e São Petesburgo.

O cetáceo macho, provavelmente albino, foi fotografado perto da costa de Kamchatka, na Rússia, e recebeu o apelido de Iceberg.

Ele parece ser saudável e vive em uma família com outras doze orcas. Cetáceos brancos de várias espécies são vistos eventualmente, mas as únicas orcas conhecidas eram jovens, incluindo uma com um problema genético raro, que morreu em um aquário canadense, em 1972.

NADADEIRA DE 2 METROS

Orca Iceberg



O encontro com Iceberg aconteceu durante uma expedição de pesquisa com um grupo de cientistas e estudantes russos, co-liderada por Erich Hoyt, renomado cientista especializado em orcas, que agora faz parte da Sociedade de Preservação de Baleias e Golfinhos (WDCS, na sigla em inglês).

"Já vimos duas outras orcas brancas na Rússia, mas elas eram jovens, enquanto esta é a primeira vez que vimos um adulto maduro", ele disse à BBC.

"Ele tem a nadadeira dorsal de 2 metros de um adulto macho, o que significa que tem pelo menos 16 anos de idade. Na verdade, a nadadeira está um pouco desgastada, então ele pode ser um pouco mais velho."

As orcas - que também são conhecidas como baleias-assassinas, apesar de não serem tecnicamente baleias, mas animais da família Delphinidae, a mesma dos golfinhos - atingem a idade adulta aos 15 anos e os machos chegam a viver 50 ou 60 anos, apesar de 30 ser a expectativa de vida mais comum. 

"Iceberg parece estar bem socializado. Sabemos que essas orcas que se alimentam de peixes ficam com as mães a vida inteira e, pelo que podemos ver, ele está bem atrás da mãe com supostamente seus irmãos ao lado", disse Hoyt.

MOBY DICK

A causa da pigmentação incomum é desconhecida. A orca branca que vivia em cativeiro, Chima, sofria de síndrome de Chediak-Higashi, uma doença genética rara que causa albinismo parcial, assim como diversas complicações de saúde.

É possível que se tente fazer uma biópsia em Iceberg, mas os cientistas relutam em fazer isso a não ser que haja uma justificativa importante para a preservação da espécie. Eles esperam, no entanto, observar o animal mais de perto para, entre outras coisas, identificar a cor dos olhos do cetáceo.

O projeto co-liderado por Hoyt, o Far East Russia Orca Project (Ferop), foi o pioneiro no monitoramento visual e acústico nos mares de Kamchatka e produziu diversos estudos sobre a comunicação das orcas.

As pesquisas podem ajudar a entender melhor a complexa estrutura social das "baleias assassinas", que inclui clãs familiares matriarcais, grupos formados por diversas famílias ou até em "supergrupos".

Um projeto relacionado busca estudar e preservar o habitat para todas as baleias e golfinhos na costa da Rússia.

Nos últimos anos, uma baleia-jubarte branca apelidada de Migaloo gerou grande interesse na Austrália, enquanto a beluga do Ártico é naturalmente branca.

A mais famosa baleia branca, no entanto, é a cachalote ficcional Moby Dick, que levou o capitão Ahab à morte no livro de Herman Melville. 

Fonte: BBC

Veja também

Golfinho albino é encontrado pela primeira vez em Santa Catarina


Dragão na China, Mamute na Sibéria, Esquilo Roxo, Beija-Flor e Pinguim Brancos e até Sereias no mundo estranho


23 abril 2012

Pólos solares podem se tornar quadrupolar em maio de 2012 (um ano antes do esperado)

Dom poloneses 2012 pólos solares para se tornar quadrupolar maio 2012 (um ano antes do esperado)

A polaridade do campo magnético poderá reverter e tornar-se quadrupolar em maio, onde campos positivos vão surgir na pólos Norte e Sul e os campos negativos vão surgir na linha do equador, de acordo com o Observatório Astronómico Nacional do Japão e outros institutos. 

 O sol pode estar entrando em um período de atividade reduzida, o que poderia resultar em temperaturas mais baixas na Terra, de acordo com pesquisadores japoneses. Quando um fenômeno semelhante ocorreu há cerca de 300 anos atrás, a temperatura média da Terra caiu um pouco. 

 Funcionários do Observatório Astronómico Nacional do Japão e da Riken fundação de pesquisa, disse em 19 de abril que a atividade das manchas solares parecem se assemelhar a um período de 70 anos no século 17 em que Tamisa de Londres congelou mais flores e cereja floresceram mais tarde que o habitual em Kyoto. Nessa época, conhecido como o Mínimo de Maunder , as temperaturas são estimados para ter sido de cerca de 2,5 graus inferior à da segunda metade do século 20. 

 O estudo japonês descobriu que a tendência da atividade das manchas solares atual é semelhante aos registros desse período. Os pesquisadores também encontraram sinais de mudanças magnéticas incomuns no sol. Normalmente, o campo magnético do sol vira uma vez a cada 11 anos. Em 2001, o pólo norte magnético solar, que estava no hemisfério norte, virou para o sul. Enquanto os cientistas previram que o flip seguinte começaria a partir de Maio de 2013, a Hinode satélite solar observação descobriu que o pólo norte do sol começou a mover-se cerca de um ano antes do esperado. Não houve alteração perceptível no pólo sul. Se essa tendência continuar, o pólo norte pode não completar o flip em maio ​​2012, mas criar uma estrutura do pólo quadruplo magnético no domingo, com dois novos pólos criados na vizinhança do equador da nossa estrela mais próxima. 

Fontes:
http://ajw.asahi.com/article/behind_news/social_affairs/AJ201204200075
http://www.yomiuri.co.jp/dy/features/science/T120420005829.htm 
http://www.thetruthbehindthescenes.org

16 abril 2012

Moradores relatam estrondo em bairros de Taubaté nesta quarta feira (14) e Estrondo misterioso alarma moradores de San Diego, nos EUA



Moradores da cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, no interior de São Paulo, ouviram um forte estrondo no final da manhã desta quarta-feira (14). Casas dos bairros de Estiva, Parque Ipanema e Parque Aeroporto chegaram a tremer, segundo relatos. Na Vila Bela, moradores saíram para a rua com medo e sem saber o que aconteceu.
saiba mais

A Defesa Civil recebeu diversos chamados relatando o ocorrido. De acordo com os moradores, o barulho ouvido se parecia com uma explosão de bomba ou estrondo de um raio. Alguns moradores de Tremembé , cidade vizinha a Taubaté, também contam que sentiram o impacto.
Caso semelhante

Em 2011 houve caso semelhante; não há informações sobre causa. No dia 12 de novembro de 2011, um caso parecido assustou os moradores de Taubaté. Em vários pontos da cidade um estrondo foi ouvido pelos moradores. Na ocasião, também houve relatos de tremores decorrentes do forte barulho.

Fonte: G1

Estrondo misterioso alarma moradores de San Diego, nos EUA

O canal de TV NBC SanDiego recebeu inúmeros chamados telefônicos de moradores daquela cidade devido a um enorme estrondo que foi ouvido às 09h00min de sexta-feria, 13 de abril passado.

O serviço de sismologia daquele país não detectou nenhum terremoto na região.

Oficiais da base aérea MCAS Miramar disseram que o estrondo não foi devido a nenhuma de suas aeronaves, o que poderia ter ocorrido quando estas superam a velocidade do som.

O Professor Emeritus da Universidade de San Diego State, Pat Abbott, sentiu e escutou o ruído e saiu de sua casa para tentar determinar sua origem. “A única vez que você escuta um terremoto é quando você está diretamente acima do epicentro“, disse Abbott.

Em sua opinião, como pode ser visto no vídeo abaixo da reportagem em inglês, o som era atmosférico.

A meteorologista Jodi Kodesh, do canal NBC 7, demonstrou no mapa de radar da região que não haviam células de tormentas próximas da região na hora do incidente.

Quando um raio ocorre, o trovão pode ser escutado à uma distância de 8 a 16 km de distância, disse Kodesh. Mas esse não era o caso aqui, pois a tormenta estava muito mais afastada e não carregava consigo uma tempestade elétrica potente.

Também foi considerado que poderia ter sido um exercício militar chamado de “chaff“, o qual pode causar sons similares. “Chaff” são pedaços metálicos ejetados de uma aeronave militar para tentar ocultá-la da detecção de mísseis guiados por radares.

O Serviço Climático Nacional (National Weather Service) não pode confirmar se o som foi resultado de “chaff“e um oficial da base MCAS Miramar disse que não estava ciente da possibilidade de “chaff” na área.

Vale também notar que no mapa de radar apresentado por Kodesh no vídeo abaixo, há algumas regiões estranhas que foram captadas pelo radar, mas que não eram tormentas. A meteorologista não soube explicar com certeza do que se tratavam as manchas.

Assista o vídeo:



Via: Ovni Hoje



O Hum - Excelente documentário sobre sons estranhos do mundo e Comunidade irlandesa sofre com um estranho ruído

Ravena

Buracos enormes aparecem do nada em cidade da Rússia e Buraco Gigante na Suécia


Vigilância 24 horas é uma das armas para combater a proliferação de buracos que, muitas vezes, podem engolir prédios inteiros.

A cidade de Berezniki, na Rússia, está vivendo um drama. Do dia para a noite o solo começa ceder e pequenos buracos se transformam em verdadeiras crateras, levando embora casas, prédios e o que mais aparecer pela frente.

Segundo reportagem publicada no jornal The New York Times, a cidade conta com pouco mais de 154 mil habitantes e foi fundada para ser um campo de trabalho. As construções teriam sido feitas sobre o solo onde antigamente funcionava uma série de minas de exploração e, por conta disso, muitas áreas são instáveis.

Para combater o problema, a cidade decidiu utilizar a tecnologia a seu favor e, por isso, praticamente todas as áreas habitadas contam com vigilância 24 horas, sensores sísmicos e monitoramento por satélite. Além disso, estudos regulares identificam mudanças nas altitudes dos telhados, nas calçadas e nas ruas.

Fonte: Tecmundo



Buraco Gigante na Suécia continua em expansão



Message to Eagle.com: Parece algo tirado diretamente de um Filme de terror. Um enorme buraco que conduz ao Inferno, alguns diriam. Mas, este não é um Filme.

Este é um fenômeno real e perigoso. Novas imagens chocantes, mostram claramente o enorme Poço na Suécia e está se expandindo.


Leia mais em: Message To Eagle.com
Via StarGate Brasil

Mais imagens e informações do buraco na Suécia


Os 200 metros de largura aberto Sinkhole é chamado de "Fabiangropen" (pit Fabian) e está na área Malmberget localizado na Gällivare, 75 km a partir de Kiruna, na Suécia.

Devido à presença de jazidas, a mineração em Malmberget é realizada em diferentes níveis a 600m, 815M e 1.000 m. O Sinkhole tem 150 × 150 metros de altura.

Esta é naturalmente uma notícia muito ruim para as pessoas que vivem perto deste Sinkhole gigante e muitos estão com medo e também irritado por causa dos barulhos altos.


Segundo os moradores, por vezes, o tremor aqui pode durar até 45 minutos! "Estou com medo, eu não quero ficar sozinha em casa quando isso acontece. É tão alto e ele só fica cada vez mais alto. É como ter um avião voando baixo acima da casa. É como o início de uma erupção do vulcão ", disse Hannu Berit que vive muito perto do buraco.

O problema não é de forma mais. O Sinkhole gigante continua em expansão e o futuro permanece incerto.

Veja também:

Ravena

A Terra está tremendo muito - O que está acontecendo?



Essa notícia é via blog StarGate Brasil, lembram do querido Acolon? Ele está de volta e o blog já está recheado de boas notícias. Divirtam-se!

Ravena

A Terra está tremendo muito

(Express-news.it) A terra treme muito! Os cientistas não encontram explicação para os 39 terremotos que abalaram o planeta em apenas dois dias. "Algo está errado! Há muitos terremotos fortes "que, de acordo com um muito famoso sismólogo Roménia, Gheorghe Marmureanu, que é o mais recente terremoto da Indonésia é muito incomum.

A série de choques (8,6 e 8,2 graus na escala Richter) que abalou a Indonésia nos últimos dias e três terremotos horas depois, no México (7, 6,9 e 6,2 graus na escala Richter). Em seguida, dois outros terremotos menores ocorreram na Roménia - magnitude 3,5 sob a prateleira do Mar Negro e uma magnitude de 3,5 a Vrancea.

"Um evento extraordinário que não pode ser explicado pela ciência"

Segundo Marmureanu, não há relação entre os terremotos que abalaram o mundo nos últimos dias, mas o que aconteceu na Indonésia veio de forma inesperada, não pode ser explicado pela ciência. "As estatísticas mostram que na região da Ásia, há um grande terremoto a cada 500 anos ou mais. No entanto, desde 2004, já existiam três terremotos com magnitudes superiores a 8, e isso está fora de sismologia estatística. Algo está errado! Há muitos grandes terremotos na região da Indonésia, "avisa" o cientista.

Gheorghe Marmureanu que trabalha no Instituto Nacional de Física da Terra em Roménia, considera que o planeta entraria em colapso após uma série de terremotos que ocorreram em apenas 48 horas.

Fonte: Express-News




10 abril 2012

Ejeções de plasma causam terremotos na superfície do Sol

Astrônomos analisaram terremoto solar mil vezes mais potente do que o que atingiu o Japão em março de 2011.

A primeira observação de um terremoto solar foi divulgada nos anos 1990. Assim, foi descoberto que explosões na atmosfera do Sol, conhecidas como erupções solares, podem produzir ondas sísmicas, à maneira dos terremotos que atingem o planeta Terra. Agora, um estudo liderado pelo University College London, na Inglaterra, descobriu um tipo específico de erupção solar capaz de causar tais abalos.

Os terremotos solares são formados pelo impacto de poderosos raios de partículas que viajam no interior do Sol. A nova pesquisa – divulgada nesta sexta-feira durante a conferência National Astronomy Meeting 2012, na cidade britânica de Manchester – mostrou pela primeira vez que erupções conhecidas como 'ejeções de massa coronal' são capazes de produzir os tais terremotos no astro.

Os pesquisadores analisaram uma erupção deste tipo ocorrida em 15 de fevereiro de 2011, por meio de imagens captadas pelo satélite SOHO, na órbita do Sol. Eles perceberam que um terremoto mil vezes mais potente do que o que atingiu o Japão há um ano foi desencadeado nas duas extremidades do campo magnético do Sol. Assim, a equipe constatou que ejeções de massa coronal podem desempenhar papel importante na geração dos tremores. A ejeção em questão foi lançada pelo Sistema Solar em direção à Terra a uma velocidade média de 600 quilômetros por segundo.

"Terremotos solares foram previstos pela primeira vez em 1972 e têm sido vistos na superfície do Sol como ondulações muito parecidas com aquelas produzidas quando uma pedra é jogada na água", diz Dr. Sergei Zharkov, coordenador do estudo. "No entanto, eles são causados pela liberação súbita de energia abaixo da superfície do Sol, produzindo ondas que viajam em direção à superfície", explica.

No vídeo abaixo, imagens da SOHO mostram o terremoto solar. Clique aqui para assistir no link original. 


Eventos espetaculares como os abalos sísmicos solares estão ajudando os cientistas a entender como a energia é transportada da atmosfera do Sol, passando pela sua superfície até o seu interior. Com a atividade solar aumentando continuamente, podendo chegar a seu auge em 2013, mais terremotos poderão ser observados, ajudando a desvendar os mecanismos que os causam.

Fonte: Veja

Agradecimentos ao Tharcon pelo envio do link.

Tanto no macro como no micro, talvez ainda consigamos ver na mídia oficial, a relação entre atividade solar e terremotos na Terra. É esperar para ver. 

Ravena 

09 abril 2012

'Monstro marinho' encontrado em praia intriga moradores nos EUA

                           Criatura foi encontrada em uma praia em Folly Beach. (Foto: Reprodução)

Uma criatura que foi encontrada em uma praia em Folly Beach, no estado da Carolina do Sul (EUA), deixou os moradores intrigados, segundo a emissora "WBTV".

Carcaça do animal tem mais de três metros de comprimento. Para especialista, criatura é na verdade um esturjão do Atlântico.

Após a descoberta da criatura, surgiram várias especulações na internet. Alguns chegaram a afirmar que seria um monstro marinho. A carcaça do animal tem mais de três metros de comprimento.

Para a especialista Shane Boylan, no entanto, o "monstro marinho" é na verdade um esturjão do Atlântico. Apesar de o peixe apresentar uma cor acastanhada - o esturjão tem cor mais clara e prateada -, Shane acredita que a cor mudou por causa da exposição ao sol.

Sobre o fato de a carcaça ter aparência pré-histórica, Shane disse que isso acontece porque o esturjão está entre os peixes mais antigos.

A espécie, segundo o Conselho de Defesa dos Recursos Naturais (NRDC), existe desde a última era do gelo, há mais de 13 mil anos.

Fonte: G1

Radiação Fukushima está se espalhando através do Oceano Pacífico para os EUA

Especialistas alertam para a presença de uma "nuvem" de alta radiação viajando de Fukushima, no Japão, a oeste do Oceano Pacífico.

Um pouco mais de um ano do desastre nuclear de Fukushima, o pesadelo parece ainda longe de terminar. De acordo com o aviso de uma equipe de cientistas que analisou os mares do Japão, a radiação resultante deste desastre está começando a caminhar através do oceano Pacífico a oeste. Isto significa que este ponto radioativo atingiu a costa dos EUA e México, com dezenas de ilhas afetadas, incluindo Havaí. Estima-se que menos de um ano, dependendo das correntes oceânicas, pode chegar à costa da Califórnia.

Pesquisadores do Woods Hole Oceanographic Institution (WHOI) analisaram amostras de água de Junho últimos e animais marinhos, comprovando a presença de radiação a uma distância de aproximadamente 300 quilômetros da costa do Japão. De acordo com esta organização, os níveis de radiação são centenas de milhares de vezes maior do que aquilo que normalmente seriam gravadas, e advertiu:

"O que isto significa é que monitorar o ambiente marinho do noroeste do Pacífico, a longo prazo."

[ Common Dreams ]

Via: http://pijamasurf.com/2012/04/radiacion-de-fukushima-se-esta-esparciendo-por-el-oceano-pacifico-hacia-estados-unidos/

07 abril 2012

A Páscoa

"Pessach" em hebraico, que significa "passagem"
"Pascha" em grego
"Pachons", em latim
"Pa-Khonsu" em egípcio ("Khonsu" é um epíteto para o deus sol Horus)


Ao contrário da crença popular, a origem da Páscoa não representa a histórica "crucificação" e "ressurreição" de Jesus Cristo.

Entre as civilizações antigas, historiadores encontraram informações que levam a concluir que há milhares de anos atrás, principalmente na região do Mediterrâneo, algumas sociedades, entre elas a grega, festejavam a passagem do inverno para a primavera...

Continue lendo

Rodrigo Morais também escreveu sobre o tema recentemente, não deixe de ler. 



A Páscoa ... Aliás ...

Ah! Enfim a "Pascoa", e dá-le ovos de chocolate ...

Hoje a Pascoa significa mais uma data comercial capitalista. Ou seja, mais uma data para se faturar.

Bom, então o que tem nessa história de "Pascoa" afinal ???

Páscoa - do hebraico Pessach, פסח significando"passagem" do grego Πάσχα .

Embora acredita-se representar o momento da "ressurreição de Jesus Cristo", o festival da Páscoa existia em tempos pré-cristãos (inclusive muito antes) e, de acordo com o famoso "santo cristão" Venerável Beda (672-735 AD / CE), foi o nome (Teutônico/Alemão) para deusa Eostre, que era a "deusa do amanhecer" e que simboliza a fertilidade encontrada em abundância durante a primavera do ano (Ver CE, V, 224; Weekley, 491).A Páscoa ... Aliás ...

Continue lendo

05 abril 2012

Rússia trabalha em arma para transformar pessoas em zumbis

Parece brincadeira de 1º de abril, mas o presidente da Rússia confirmou o projeto de uma arma capaz de controlar a mente de pessoas.

De acordo com o jornal Herald Sun, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, confirmou que o país vem testando uma arma psicotrônica capaz de controlar a mente das pessoas. A arma futurista, que atinge o sistema nervoso central das vítimas, está sendo desenvolvida por cientistas e poderá ser usada contra nações inimigas e até mesmo dissidentes políticos que enfrentam o atual governo.

Putin descreveu a arma como um instrumento novo que pode servir para atingir objetivos políticos e estratégicos. Até mesmo alguns detalhes da “controladora de mente” fora divulgados. É sabido, por exemplo, que ela dispara radiação eletromagnética de maneira semelhante aos fornos de micro-ondas, causando um grande desconforto em suas vítimas.

"Você está sob o meu controle!"

O ministro da defesa Anatoly Serdyukov disse que, em testes recentes, a arma foi usada para dispersar multidões. De acordo com relatos, a pessoa que recebeu a radiação da arma sentiu que a temperatura do seu corpo aumentou rapidamente. Apesar de alguns segredos de funcionamento não terem sido divulgados, o jornal alega ser conhecido o fato de que ondas de baixa frequência podem afetar células do cérebro, alterar o estado psicológico e até mesmo transmitir sugestões e comandos diretamente para o pensamento de alguém, como se fosse telepatia.

Apesar de a notícia parecer roteiro de filme B, talvez agora você tenha motivos para prestar atenção naquele infográfico sobre como sobreviver a um ataque zumbi.

Fonte: Tecmundo 

É a vida imitando a arte...Breve a vida será um misto de filmes como 1984, Equilibrium, Minority Report, O preço do Amanhã e o que penso se que se aproxima mais da realidade - O demolidor - com o Stallone e a Sandra Bullock. 

É questão de tempo!

Ravena

Desaparecem 13 mil metros de praia em Baja California

Turistas e veranistas foram alertados para o risco e aconselhados a usar outras praias perto das extremidades de Los Frailes.

MÉXICO, México. XINHUA -. Cerca de 13.000 metros de praias de Los Frailes, uma cidade em Baja California Sul do México, desapareceu por um número de micro terremotos e réplicas, um fenômeno chamado "cascata de areia para o mar", o que representa sérios riscos para os banhistas , alertou quarta-feira a Secretaria do Meio Ambiente.

O chefe do Ministério do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (SEMARNAT), Juan Rafael Elvira Quesada, confirmou que o mar "roubou" 1,3 hectares da praia.

Elvira Quesada chegou à região na porção sul do Cabo Pulmo National Park (PNCP), uma área protegida, onde semana passada foi encontrado o fenômeno.

"O a série de micro terremotos e réplicas sacodem toda a plataforma de areia na praia onde a areia acabará por desaparecer e gerou um fenômeno que eles chamam lá de cascata marinho, uma cascata de areia dentro do mar", disse o oficial.

Ele alertou que a gravidade não é apenas o desaparecimento da praia ", mas ao entrar no mar e caminhar cinco passos apresenta um penhasco de mais de 140 metros de profundidade", alertou.

Ele explicou que a praia "é extremamente perigosa para qualquer nadador ou veranista", particularmente neste feriado de Semana Santa.

Turistas e veranistas foram alertados para o risco e aconselhados a usar outras praias perto das extremidades de Los Frailes. Na verdade, a praia perigosa foi isolada pelo pessoal da Protecção Civil.

Fonte: Prensa

02 abril 2012

Terremoto de 3.5 graus no Brasil em Montes Claros


O mapa ao lado destaca o tremor que ocorreu no Brasil, a 2 km da cidade de Montes Claros (MG) às 01:50 UTC do dia 02/04. Esse evento ocorreu a 10 km de profundidade e atingiu 3.5 graus de magnitude, abaixo das coordenadas 16.72S e 43.85W.

Descrição do tremor e imagem via painel global

Três tremores de terra são sentidos em Montes Claros

Os moradores de Montes Claros, em Minas Gerais, ficaram assustados na madrugada desta segunda-feira(2) em consequência de três tremores de terra registrados na cidade, segundo o Corpo de Bombeiros. Cerca de 300 chamadas em função dos abalos foram recebidas pelos bombeiros. Apesar do susto, não houve danos matérias e ninguém ficou ferido. Os tremores foram sentidos à 1h50, 2h20 e 4h20.

De acordo com Observatório Sismológico (Obsis) da Universidade de Brasília, que não recebeu os dados da estação responsável em detectar os abalos sísmicos, foi feita uma estimativa sobre a magnitude dos tremores, baseados nos abalos registrados nos últimos anos. Segundo o pesquisador Lucas Vieira Barros, chefe do Obsis, a falta de dados não permitiu registrar precisamente a magnitude dos três abalos, sendo estimado em 3,0 na Escala Richter.

De acordo com o pesquisador, as medições de tremores no norte de Minas são feitas na estação de Caraíbas, instalada próxima a Montes Claros, que é capaz de detectar tremores acima de 1 da escala Richter, e controlada pela Obsis.

"Os dados são enviados por uma empresa terceirizada, a Rural Web, que foi contratada para cuidar da estação e para enviar para a Obsis os dados registrados, ao custo de cerca de R$ 500,00 mensais", explica o pesquisador. Segundo ele, por falta de pagamento, a prestadora de serviços cortou o envio dos dados coletados pela estação Caraíbas.

Fonte: G1

Foi preciso sair repetidamente nos jornais, notícias sobre os tremores de terra na região de Montes Claros para que finalmente algum site de monitoramento brasileiro publicasse o registro. Há dois anos venho publicando notícias parecidas de tremores e até registros de terremotos não oficiais que ocorrem em território brasileiro, terremotos que já chamaram a atenção de alguns especialistas do Brasil, é uma pena que terá que tremer muito até boas condições e investimento se apliquem no monitoramento, já que enquanto uns estão preocupados outros afirmam em rede nacional que nosso país está blindado. 

É interessante perceber a nossa volta que aquilo que é chamado de conspiração, mentiras, ilusão, crendices, tornam-se realidade a cada dia, só não vê quem não quer, aquele que mesmo tendo acesso à informação, resiste, nega, teme, porque sair da zona de conforto é difícil e o cético é só isso, alguém que de forma nenhuma quer arriscar-se a pensar diferente, porque teria que rever suas crenças e conceitos e isso dói. 

Ravena